Sistema off-grid

2 de Janeiro de 2021 - Tempo de leitura: 2 minutos

Nosso sistema de energia solar fotovoltaica off-grid possui 600Wp instalado, gerando cerca de 44Kw mensais e fornece 14h de utilização sem descarga profunda da bateria, sendo desligada às 23h ou no momento em que a tensão da bateria chega em 12v. No dia seguinte, os equipamento são ligados próximo às 9h da manhã, ou quando a bateria chega em estado de flutuação na tensão de 13.7 volts.

O sistema é composto por:

  • 4 painéis de 150Wp;
  • Controlador de carga MPPT de 50A Fangpusun;
  • Bateria Freedom F-4100 de 240Ah;
  • Disjuntor Bipolar AC 20a;
  • Chave de Transferência Manual 63a;
  • Inversor Senoidal de Onda Pura Changi 3.000Wp (220v);

Equipamentos conectados ao sistema:

  • 2 computadores minidesktop de 60Wp cada;
  • 2 monitores de 21" com consumo de 18Wp cada;
  • Impressora tanque de tinta de 35Wp;
  • Interface de áudio digital de 10Wp;
  • Amplificador de som ligado em fonte de energia de 7Wp;
  • Carregador Liitokala Engineer Lii-500 de 24Wp;
  • Hub usb de 16 portas Orico de 17Wp;
  • Hub usb 7 portas de 9Wp;
  • 2 Ventiladores de 50Wp;
  • 2 Cooler Master CMC3 de 3Wp;
  • Raspberry Pi 3B+ de 10Wp;

Itens desejados para futuros upgrades:

  • Disjuntores DC;
  • Relógio Wattímetro mini-medidor;
  • Dispositivos anti-surto (DPS) DC;

Se você tiver dúvidas sobre o funcionamento do sistema, por favor, envie e-mail para solar@monstrodosmares.com.br e teremos toda a felicidade do mundo em tentar ajudar.


Sobre o projeto

2 de Janeiro de 2021 - Tempo de leitura: 3 minutos

Uma editora artesanal 100% energia solar

Garantir autonomia energética é um objetivo antigo e a energia solar se apresentou como alternativa viável.

Faz um tempão que pensamos imprimir livros e zines utilizando energia elétrica independente da rede da concessionária. Em 2017, a Monstro dos Mares funcionava em uma pequena área rural em União da Vitória, no Paraná, e lá colocamos as primeiras plaquinhas para carregar celulares e um powerbank. Também estudamos a possibilidade de construir uma roda d’água utilizando um motor de passo, porém mudamos de casa antes de iniciar esse projeto. Mas a vontade de rodar a impressora utilizando energias renováveis permaneceu.

Desde então fazemos testes, experiências, tentativas, erros e acertos. Um dos principais desafios é garantir a autonomia energética sem gastar muito e o caminho que encontramos foi a energia solar fotovoltáica. O preço elevado de alguns equipamentos exige paciência e algum planejamento. A ansiedade em colocar o sistema para funcionar faz com que erros no dimensionamento ou na escolha de equipamentos aconteçam, e isso é parte da experiência desse aprendizado constante.

Sem ignorar as dificuldades e as lutas para garantir a existência e a manutenção de espaços autônomos, a Monstro dos Mares tem entre seus objetivos a construção de um projeto de inspiração anárquica e anarquista de longo prazo, capaz de estabelecer vínculos duradouros com espaços, coletivos, movimentos sociais, grupos de estudos, bibliotecas comunitárias e outras formas de organização que fazem o enfrentamento diário na construção de pontos de acolhimento, liberdade, educação e autonomia.

Neste momento, a Editora Monstro dos Mares está funcionando com energia solar em 100% da sua necessidade energética — computadores, impressora, periféricos e iluminação. Este post não é apenas uma comemoração; é também um chamado para trocar experiências com monas, minas e manos que buscam alternativas para a geração de energia fora da rede da concessionária em seus espaços coletivos urbanos e rurais. Com essa ideia de compartilhar experiências, erros e aprendizados, colocamos no ar um hotsite chamado Projeto Editora Solar, onde apresentamos em detalhes o nosso sistema e o de compas que também tocam livros ou mantêm seus espaços utilizando a energia solar



Neste momento, a Editora Monstro dos Mares está funcionando com energia solar em 100% da sua necessidade energética — computadores, impressora, periféricos e iluminação. Neste blog compartilhamos nossos acertos, erros, referências e ideias para o nosso sistema de energia fotovoltaica off-grid como uma alternativa à precarização das relações econômicas e de dependência direta das estruturas do grande capital. Podendo ser a energia solar uma opção viável para ampliar a autonomia de pessoas e comunidades. Saiba mais